quarta-feira, 8 de julho de 2020


O que é uma title tag?

A tag title é um elemento HTML que tem como característica mostrar o título da sua página na internet.

Ela é mostrada na aba do navegador, mas o reconhecimento dela é por causa dos resultados de busca no Google, Yahoo, Bing, Duck Duck Go e outros.

O texto/frase inserido dentro da tag title, são exibidos nos resultados de pesquisa (Search Engine Results Page - SERP). Ao realizar uma busca, o mecanismo de pesquisa mostrará os resultados do termo buscado.

O title tem algumas especificações para ser diferenciado, ele é mostrado na cor azul, o tamanho da fonte é maior, ele é clicável e possui limite de caracteres.

O title é importante para usabilidade, SEO e compartilhamento para redes sociais. Pense no title como uma descrição precisa do conteúdo interno da página, e isso precisa ser feito em poucas palavras.

Como Criar um Title?

- Tamanho do title
Os mecanismo de busca exibem os primeiros 50-60 caracteres de uma tag de título. Se utilizar essa regra para cada title da loja, pelo menos 90% de todos os seus títulos serão exibidos corretamente.

Não há um limite exato de caracteres, se ultrapassar o limite de 60, qualquer conteúdo depois desse limite será mostrado com reticências.

No momento da criação do title, insira as palavras-chave (keywords) no limite sugerido, afinal você não quer que ele fique nas "reticências".

Leve em conta a largura de cada caractere também, a letra i, ocupa menos espaço que a letra w. Como cada caractere pode variar a largura, e os mecanismo de pesquisa costumam ter uma largura máxima de 600 pixels. Se não couber nesse espaço, ele aplicará a redução de forma automática.

- Palavras-chave - O que não fazer
Como não existe uma penalidade para os títulos longos, se começar a inserir no título variações da palavras-chave, isso vai ser tonar uma experiência ruim para o cliente e para os mecanismo de pesquisa.

Tênis, Tênis de Corrida, Tênis com Frete Grátis, Tênis em 12x

Evite essas repetições de palavras-chave, os mecanismos entendem que essas variações são desnecessárias e que poderá acarretar em penalizações e não queremos ser penalizados!

- Palavras-chave - O que fazer!
Faça a inclusão da palavra-chave à esquerda, se possível no inicio da title. Dessa forma, ela chamará mais atenção dos usuários à primeira vista e pode ter mais relevância nos resultados de pesquisa.

Ao incluir à esquerda, isso ajudará na experiência do usuário, isso porque nós digitalizamos o conteúdo de uma página da esquerda para direita. O benefício é conseguir mais cliques (acessos) nos motores de busca e consequentemente aumentar o tráfego da loja virtual.

- Sua Marca (Nome da empresa)
Insira o nome da sua marca no final do title, mesmo que mostre as reticências. Há casos que a junção palavras-chave + marca ficará dentro do limite dos 50-60 caracteres.

Se sua marca está crescendo ou já está estalecida no mercado, a sua marca poderá ajudar a aumentar a taxa de cliques nos resultados de busca.

- Títulos Duplicados
Não crie títulos duplicados, a página X com o mesmo título que a página Y. Ao criar páginas com os mesmo título, isso vai criar um sinal de alerta para os mecanismos de busca. O problema de ter páginas com títulos duplicados, é a loja sofrer penalizações no seu posicionamento.

Uma forma de ver se a loja virtual tem títulos duplicados é utilizar o Google Serach Console, ele indicará quais são as páginas que precisam de alterações.

- Descobrir Palavras-chave (Ferramentas)
Utilize ferramentas para descobrir as melhores palavras-chave e crie uma planilha que ajudará a organizar tudo em um único lugar.

- Google Ads (Planejador de palavras-chave)  
- Ubersuggest
- Soovle

Lembre-se que esse é um processo contínuo, você sempre vai poder melhorar o title de acordo com as suas necessidades e resultados.

Boas Vendas!

Este artigo foi escrito por Adriano Yamuto, da equipe de desenvolvimento do Fastcommerce.   

Faça Você Mesmo - DICA #1 SEO Title

quarta-feira, 1 de julho de 2020


Desde o início da pandemia de Covid-19, muitas empresas varejistas e atacadistas sofreram uma queda brusca no volume de vendas. Como o varejo foi obrigado a fechar as portas, deixava também de adquirir mais mercadoria das distribuidoras.

Como bem sabemos, nada é mais eficiente do que uma crise para alavancar a inovação. Assim, empresários sem nenhuma experiência em plataformas digitais se viram obrigados a abandonar sua zona de conforto e levar sua loja para a web.

Notando essa movimentação no mercado, a empresa de sistemas de gestão FH Online começou a buscar soluções capazes de ajudar até mesmo seus clientes mais leigos a entrar para o mundo do e-commerce e salvar seu negócio.

Neste artigo, você verá como (e por quê) essa parceria aconteceu, e os impactos dela para a FH Online e seus clientes!

Quem é a FH Online?

A FH Online é uma software house que vem, ao longo de seus 15 anos, desenvolvendo soluções inteligentes de gestão. Mas antes de ser uma empresa de sistemas, a FH Online era um escritório de contabilidade!

O desenvolvimento de ERPs surgiu da necessidade do contabilista Flávio Oliveira, fundador da FH Online, em processar os dados vindos de seus clientes. Apesar de muita pesquisa, Flávio não encontrou um software que atendesse todas as suas necessidades.

Assim, de maneira visionária, ao invés de pensar apenas em um sistema de organização para o contador, a FH Online desenvolveu um produto completo para o próprio gestor. O ERP Finances.

Com o Finances, as empresas centralizam todas as informações em um só lugar, permitindo trabalhar com facilidade, agilidade e segurança no gerenciamento de todos os setores.

Disponível nas versões Web e Desktop, o Finances tem integração com todos os demais produtos da FH Online, como o Demander Força de Vendas, o Plugfoods Comanda Eletrônica e o DJPDV Frente de Caixa.

A Parceria FH Online e Fastcommerce

O contato entre as empresas foi iniciado pelo próprio Flávio Oliveira, que logo de início, ficou maravilhado com a qualidade do suporte e atendimento prestados pelo Fastcommerce.

Além disso, as interfaces de integração eram muito fáceis de utilizar, e em poucos dias, o ERP Finances Web estava totalmente integrado à plataforma Fastcommerce.

O resultado dessa união é a solução perfeita para qualquer empresa interessada em entrar no mundo do comércio eletrônico, pois une os módulos gerenciais impecáveis, rápidos e fáceis de utilizar do Finances Web, com a agilidade, segurança e visual moderno do Fastcommerce.

Além disso, graças à API inteligente rápida da Fastcommerce, a FH Online conseguiu colocar todos os controles necessários para o empresário dentro do próprio Finances Web, de forma simplificada e totalmente acessível aos e-commerceiros de primeira viagem!

Com a palavra, Flávio da FH Online

“Pesquisei à procura de uma solução de e-commerce para meus clientes, e encontrei o Fastcommerce pelo google mesmo. 

Logo no primeiro contato, já fui muito bem atendido e gostei muito. Já tenho vários clientes, que nunca mexeram com e-commerce na vida, levando suas lojas físicas para a internet com facilidade. 

Estou muito contente, e meus clientes, mais ainda!”

Conheça o Finances Web!

Com o Finances Web, você centraliza todas as informações da sua empresa em um só lugar, permitindo trabalhar com facilidade, agilidade e segurança no gerenciamento da empresa.

Aliado ao Fastcommerce, é sem dúvidas uma boa opção para você levar sua loja até seus clientes, onde quer que eles estejam.

Clique aqui e Conheça o Finances Web!

Este artigo foi escrito por Flávio Oliveira, da FH Online sistemas

FH Online integra Fastcommerce ao ERP Finances Web

quarta-feira, 24 de junho de 2020


Persona é uma pessoa fictícia que representa como sendo o seu cliente ideal. As informações são baseadas em pesquisa de mercado, os dados podem ser reais utilizando sua base de clientes ou através de suposições.

A criação dessa persona ajudará a você entender e se relacionar com o seu público-alvo e como você vai comercializar seus produtos ou serviços.

Quando pensamos em abrir um negócio, já temos o nicho de mercado que queremos atingir. Essa costuma ser a primeira tarefa, sabemos quais são os produtos e serviços que vamos oferecer aos nossos clientes.

Com a primeira tarefa feita, já sabendo o que oferecer. Agora vamos para a segunda etapa, quem são os meus clientes?

Em muitos casos ao colocar a loja virtual em produção para começar a vender, começamos a trabalhar junto com os departamentos comercial e marketing  para ver quais são os canais que vamos atingir.

Alguns empresários ainda não sabem quem são de fato os seus potenciais clientes e quando utilizam o budget (verba) destinada para atrair mais clientes, o custo será alto e o retorno mínimo.

Isso ocorre porque não foi feito uma identificação de quem realmente são os usuários. Ao utilizar o budget em links patrocinados, o retorno será de muitos cliques, mas sem retorno, por exemplo.

Se a loja vende tênis para corrida, esse é um nicho específico e os valores dos tênis variam de R$ 299,00 até 1.299,00, o seu ticket médio ficará em torno de R$ 500,00.

Os usuários que viram sua publicidade e clicaram são o seu público-alvo?

Você vai receber cliques de crianças, adolescentes, pessoas que não gostam de esporte e etc. O seu cliente real é da classe social A, B, C e que está disposto a gastar um valor X no tênis

Nesse exemplo, você queimou sua verba e sem atingir seu público, o resultado não foi satisfatório como o esperado.

Ao se dedicar e focar na persona, ela poderá fazer maravilhas nas suas estratégias, e finalmente chegamos na pergunta.

Como criar uma Persona?

Antes de responder, é necessário entender a comparação da persona com o público-alvo.

Persona: Representação fictícia do seu cliente.

Público-alvo: Uma parcela real de pessoas que vão comprar na sua loja.

Agora que você já entendeu a comparação de uma forma simples, siga as etapas abaixo para finalmente criar sua persona.

As informações podem variar dependendo do seu negócio.

- Gênero
- Faixa etária
- Estado civil
- Profissão

Essas são perguntas básicas, você pode inserir mais ou remover. O interessante é complementar com comportamentos também.

Através do comportamento conseguimos analisar e deixar a persona ainda mais completa.

Os fatores do comportamento podem ser:

- Necessidades
- Preocupações
- Frustrações
- Apreciador

Exemplo de persona com todas as informações preenchidas:

Persona 1: João Gomes tem 45 anos e solteiro, é advogado e tem um escritório. No seu tempo de folga gosta de fazer esportes e principalmente musculação, costuma comprar roupas e tênis da marca X. Está buscando novas marcas para atingir seus objetivos.

Comece de uma forma simples, caneta, papel e crie uma persona.

Boas vendas!

Este artigo foi escrito por Adriano Yamuto, da equipe de desenvolvimento do Fastcommerce.  

Você sabe o que é uma Persona?

quarta-feira, 17 de junho de 2020


Diante do cenário que vivemos, tivemos mudanças significativas no comportamento dos consumidores. Com isso, o Instagram começou a implementar novos recursos e aprimorou algumas funções da sua plataforma.

Separamos 5 novidades para você ficar por dentro de tudo e aproveitar os novos recursos.

1- IGTV, Lives e novo formato Carrossel.

O IGTV é um aplicativo do Instagram para compartilhar vídeos verticais de alta qualidade e com até uma hora de duração.

O IGTV já passou por várias atualizações e segue agregando funcionalidades. A mais recente foi o recurso de salvar Lives diretamente no IGTV. Muitas empresas que adotaram a ferramenta para se comunicar com seus públicos durante a quarentena poderão, assim, montar e divulgar um acervo com maior facilidade.

 A novidade também pode ajudar a levar mais usuários para sua plataforma de vídeos longos com o celular de pé.

Já as postagens no formato Carrossel, permitem que você crie uma narrativa com o cliente.

Em resumo o recurso permite a inserção de mais de uma foto no mesmo post. Para visualizá-las, basta rolar a tela pela lateral, daí a comparação com um carrossel. Isso torna as postagens mais atrativas, visto que você pode mostrar produtos similares ou um mesmo produto sob diversas perspectivas, e acompanhado de suas características.

A novidade é que o Instagram Ads trouxe o recurso para os anúncios: o Carrossel no Instagram Stories. Com isso, os perfis comerciais podem criar seus anúncios seguindo os mesmos formatos das histórias.

2- Cenas

O recurso Cenas permite criar e editar videos pra Stories com música de fundo e outras opções de edição e assim oferecer mais dinâmica ao vídeo. Uma das coisas mais legais dessa nova função é que ela também aparece na aba Explorar, ou seja, é uma boa oportunidade para divulgar o seu negócio e atrair novos seguidores.

3- Filtros Stickers (figurinhas adesivas)

As figurinhas do Instagram são emojis e emoticons para as fotos e vídeos. As figurinhas aumentam o potencial criativo das marcas, deixam o conteúdo mais interessante e personalizado,

Recentemente o Instagram Stories ganhou um novo sticker, o “Apoie Pequenas Empresas”. A intenção é permitir que os usuários divulguem suas empresas prediletas durante a pandemia. Ela gera um link direto para o perfil daquele pequeno negócio, além de ir para aba de destaque dos Stories “Compra local” dos contatos da pessoa que divulgou.

Além disso, a própria empresa pode mostrar o apoio que está recebendo, compartilhando as publicações em que foi marcada. A ideia é mesmo facilitar com que as pessoas encontrem produtos e serviços de qualidade nas proximidades, fazendo girar a economia local nesses tempos tão difíceis.

4 - " Pedir Refeição"

Além dos conhecidos stickers, o Instagram lançou recentemente um adesivo nos Stories que facilita pedidos de comida por clientes de aplicativos de delivery. O botão "Pedir Refeição" pode ser adicionado às publicações de restaurantes parceiros da Rappi e do UberEats.

Ou seja, um excelente canal para as empresas de Alimentos & Bebidas.

5- Guias Instagram  

Esse é um recurso bem recente e não está disponível ainda para as contas brasileiras. Em resumo a "aba" Guias ficará no perfil, no menu em que já existem as opções de Feed, IGTV e publicações marcadas.

O recurso tem como ideia reunir conteúdos.

A primeira Guia disponibilizada em uma conta brasileira está disponível na página do Instituto Vita Alere de Prevenção e Posvenção do Suicídio www.instagram.com/vitaalere (para visualizar acesse pelo celular)

Veja:



Certamente o recurso tem tudo para ser um sucesso!

E aí, gostou do nosso artigo? Então compartilhe com os amigos e bons negócios!

Siga o Fastcommerce

Este artigo foi escrito por Luciana Hamassaki, da equipe de Marketing do Fastcommerce.

5 novidades do Instagram

quarta-feira, 10 de junho de 2020


Oferecer o que o cliente deseja está no coração e alma de todos os negócios.

Nós como clientes gostamos de personalizar e customizar alguns produtos, seja a cor de um carro, inserir o nome em uma camiseta de futebol, comprar a metragem de um tecido e até pintar uma casa de outra cor para se destacar na vizinhança.

Gostamos de ter produtos personalizados e únicos, isso nos faz sentirmos especiais e com um produto diferenciado.

No mundo físico nós perguntamos o que o cliente deseja, muitas vezes o cliente já vem com a personalização pronta de casa, isso facilita muito a vida dos vendedores e fica mais fácil fazer uma venda.

Como transformar essa personalização do mundo físico para o virtual?

A forma mais fácil e simples é criar novos campos na página de detalhes do produto. Esses novos campos vão dar a opção para o cliente personalizar o produto, veja como vender produtos com dados personalizados pelo cliente.

Às vezes os clientes estão indecisos e eles só precisam de uma ajudinha e é nesse ponto que a personalização vai se destacar. Sua loja virtual pode se beneficiar de muitas maneiras, a primeira é entender o que os clientes desejam e a segunda é criar uma base de clientes fiéis, isso vai gerar um retorno financeiro e de publicidade, conhecido como boca a boca.

A divulgação pode ser feita através de um hotsite com os produtos que são passíveis de personalização, essa é uma excelente maneira de mensurar os acessos e a receptividade dos clientes. Ao inserir um banner na página principal, mostre para os clientes o diferencial que sua loja oferece.

O que é personalização do produto?

A personalização é oferecer para o cliente a opção de alterar o produto para atender seus gostos e peculiaridades, pode ser algo simples como um nome ou algo mais complexo, tudo vai depender do seu produto.

Qual é o benefício de um produto personalizado?

Os benefícios são imensuráveis, sua loja virtual pode se beneficiar muito das seguintes maneiras. Conheça agora 4 dicas que vai fazer você oferecer essa opção para o cliente.

- Agregar valor ao cliente por um custo baixo ou quase nulo. O produto se tornará mais valioso para o cliente e poderá ser compartilhado em redes sociais.
- Os cliente podem recomendar sua loja virtual para os amigos e familiares, sua loja ganhará divulgação espontânea.
- Personalizar os produtos é uma forma de se diferenciar de seus concorrentes.
- Crie uma legião de clientes fiéis. Clientes satisfeitos compram novamente, ainda mais se você os valoriza.

Veja agora 5 exemplos de personalização.

- Nome em uma camiseta de futebol
- Metragem de tecido
- Dedicatória e autógrafo em um livro (Autor, Desenhista)
- Um cartão personalizado com uma mensagem
- Cesta de presente (Definir os itens)

As possibilidades são infinitas, use a criatividade e tire proveito desse recurso para atingir mais clientes.

Boas vendas!

Este artigo foi escrito por Adriano Yamuto, da equipe de desenvolvimento do Fastcommerce.

Personalização do Produto Melhora a Experiência do Cliente

quinta-feira, 4 de junho de 2020



Escute o segundo episodio do FCast, seu podcast sobre e-commerce. Neste episodio falamos sobre a migração de lojas virtuais.

Se você já possui uma loja virtual e está pensando em dar um upgrade nas suas vendas online, um dos principais caminhos a se considerar é a migração para uma plataforma de e-commerce melhor e mais robusta.

Bom proveito!


Apresentação: Luciana Hamassaki
Convidado: Wagner Yamuto
Edição: Adriano Yamuto

#2 FCast | Migre Sua Loja Virtual

quarta-feira, 3 de junho de 2020


A cada dia mais lojas virtuais aparecem no mercado e muitas delas se tornam seus concorrentes.

Todas estão em busca de um único objetivo e esse objetivo tem um alvo bem grande, o cliente.

Agora, como você consegue se diferenciar?

Você já tem um preço excelente e competitivo, um design super acessível paras todos os dispositivos, a indexação nos motores de busca estão crescendo como o previsto, todas as ações de marketing já estão planejadas, e agora?

Faltou apenas um único ponto, a embalagem.

Sua embalagem é personalizada?

Empacotar o produto é muito mais do que apenas proteger o mesmo. Olhe seu produto como uma linha de montagem, ao separar, colocar na caixa e passar a fita adesiva para despachar. Pense e analise, essa caixa representa sua identidade?

Quando visitamos e compramos em lojas físicas, existe toda uma estratégia de comportamento para os vendedores para nos abordar. Nós nos sentimos únicos e especiais, ao comprar recebemos o produto dentro de uma embalagem que representa essa marca.

Essa é uma forma da loja se diferenciar e mostrar sua marca perante seus concorrentes.

Imagina a situação em um shopping, a Loja X vende uma camiseta por R$ 50,00 e entrega em uma sacolinha simples, a loja Y vende a mesma camiseta e entrega em um sacolinha com uma cor diferenciada e com o logo da marca. Qual vai atrair mais atenção? Em qual você vai se sentir mais especial?

Hoje para ganhar a confiança do cliente, manter ele fiel e ter o retorno para comprar ainda mais, não basta ter preço, você precisa mostrar um diferencial e se importar com o bem estar do mesmo.

Uma experiência positiva do consumidor levará a compras repetidas e, finalmente, à lealdade à marca.

Veja 3 estratégia para sua loja virtual

1) Personalização
Em uma pesquisa da Shorr Packaging, 51% dos entrevistados disse que embalagens personalizadas os faziam sentir que o produto dentro era mais valioso, 32% disseram que "não houve diferença" e menos de um quarto (18%) disse "não".

O momento que o cliente vai receber e abrir a caixa, precisa ser único e especial.

Veja um depoimento:

"Vou contar o que aconteceu comigo, comprei uma blusa e a caixa que recebi era de um sabão em pó. Entrei em contato com o lojista e ele me informou na época que era o que tinha."

2) Adesivos, Folders e Bilhetinhos
Uma forma de personalizar a embalagem e sem gastar muito é colar um adesivo da sua marca e mostrar que você está lá naquele momento especial, você pode colocar um folder de agradecimento ou até escrever um bilhete de agradecimento. Isso torna tudo mais íntimo e sua relação com o cliente ficará mais próxima.

Mais um depoimento:

"Um outro ponto que aconteceu comigo, ao comprar em uma loja de acessórios esportivos, a própria pessoa que embalava os pedidos escreveu uma nota de agradecimento. Uma coisa simples e cativante."

3) Unboxing
Os vídeos estão por todos os lugares e o unboxing, a arte de filmar e mostrar para o mundo o desembalar do produto é uma tendência que trás retorno.

Você pode receber uma divulgação para milhares de pessoas porque sua caixa tem um diferencial, isso é mais tempo de publicidade e reconhecimento.

Você viu, são 3 estratégia que sua loja pode começar a qualquer momento, e não ficamos por aqui. Se você chegou até aqui, você vai receber mais 2 bônus.

1º Bônus) QR Code
O QR Code ou código QR ao ser escaneado pelo celular ou tablet, o cliente pode ser direcionado para uma página de agradecimento ou até para um cupom promocional para a próxima compra.

2º Bônus) WhatsApp
Solicite se o cliente quer receber atualizações sobre o pedido, envie fotos do produto sendo embalado e despachado.

Lembre-se de fidelizar os novos clientes, mas jamais esqueça dos clientes antigos, eles são essenciais para o crescimento da loja virtual.

Boas vendas!

Este artigo foi escrito por Adriano Yamuto, da equipe de desenvolvimento do Fastcommerce.  

3 Formas de Impactar seus Clientes com Embalagens

quarta-feira, 27 de maio de 2020


Existem várias formas de gerar vendas para sua loja virtual. Um método que é esquecido por muitas lojas virtuais é a divulgação através do Google Shopping.

Anunciar no Google Shopping é fundamental para lojas que querem ter mais resultados em seu e-commerce.

Em resumo, se você tem uma loja virtual e não investe no Google Shopping, saiba que você está perdendo excelentes oportunidades para vender mais.

O Google Shopping é basicamente um comparador de preço e marketplace, tipo 2 em 1, pois ele apresenta ao cliente uma lista de produtos como Foto, Nome do Produto, Preço e Nome do Vendedor.

É importante detalhar que o Google Shopping é uma mídia exclusiva para produtos físicos, portanto, não é possível anunciar cursos, serviços, etc.

A grande vantagem de utilizar o Google Shopping é que em buscas no Google os primeiros resultados apresentados são do Google Shopping. Ou seja, a vitrine do Google Shopping aparece inclusive, antes mesmo dos anúncios pagos! Esse é um espaço muito valioso nos resultados, pois aparecer no topo da lista de busca, seus produtos vão aparecer onde os pesquisadores/clientes mais prestam atenção.

Há outras vantagens em utilizar o Google Shopping, veja:

Aumento do tráfego na loja virtual: Como os anúncios no Google Shopping são os primeiros a serem exibidos nos resultados de busca, é natural que eles atraiam um maior
interesse do público. A taxa de cliques tende a ser maior do que os anúncios de texto.

Leads mais qualificados: As pessoas que pesquisam por algum produto no Google e analisam as opções do Google Shopping certamente tem intenção de compra.

Acompanhamento das campanhas: O Google Shopping oferece relatórios de análise de desempenho. Eles são tão eficientes e detalhados que podem mostrar, por exemplo,
as categorias de produtos, as características técnicas ou as marcas que mais geram cliques e conversões.

O Google não exige um valor mínimo para investimentos no Google Shopping. É você quem decide o valor que quer pagar por cada clique. O método é o mesmo do Google Ads, um sistema de leilão via CPC (Custo por Clique), resumindo, quem paga mais aparece sempre na frente, e cada clique que você recebe em seu anúncio tem um preço.

A boa notícia é que recentemente o Google divulgou em seu blog, que varejistas de todos os tamanhos poderão agora vender no Google Shopping sem pagar nada por isso! A implementação total da gratuidade estará disponível nos Estados Unidos até o final de abril/2020. Para o resto do mundo, o prazo é o final do ano de 2020.

Agora que está totalmente convencido a divulgar seus produtos no Google Shopping, saiba que o Fastcommerce tem integração facilitada com o Google Shopping. É possível gerar XML no formato exigido pelo Google para integrar o cadastro de produtos da loja virtual ao Google Shopping.

Mas vale ressaltar que a parte estratégica de uma campanha de Google Shopping é tão importante quanto qualquer questão técnica de configuração. Avalie a concorrência para identificar se a sua loja tem um preço competitivo, ou não. De nada adianta anunciar um produto e a oferta final não é vantajosa para o cliente. As pessoas estão sempre em busca do melhor custo/benefício.

Boas vendas!

Este artigo foi escrito por Luciana Hamassaki, da equipe de Marketing do Fastcommerce.

Vale a pena divulgar no Google Shopping?

quarta-feira, 13 de maio de 2020


A pandemia fez enclausurar nossos idosos, segundo dados do IBGE o Brasil tem 29 milhões de idosos, isso representa 14% da população e esse dado não para de crescer, em 2030 vão existir mais idosos do que crianças.

O que isso tem a ver com a minha loja virtual?

Tudo, eles são os seus novos clientes, acesse seu Analytics e veja o crescimento de acessos através da faixa etária.

Agora vem a pergunta mais importante, sua loja virtual está apta em receber esses novos clientes?

Ao criar o design da loja virtual, sua loja pode dificultar a navegação através de elementos de interface como um menu dropdown, slideshow e um botão de fechar dentro do modal (lightbox).

Essa dificuldade não é proposital, o que acontece é que muitos idosos estão com as habilidades motoras e visão em declínio, ainda mais para navegar em uma tela de 5 polegadas.

Sabendo dessas informações, sua loja virtual pode resolver esse problema se tornando mais amigável e acessível.

Conheça 4 Dicas para melhorar a usabilidade da sua loja virtual.

1) Fontes (Quanto Maior, Melhor!)
Não são todos os usuários que possuem celulares com telas grandes e alta qualidade, um texto pequeno pode ser tornar ilegível.

O recomendado são 12pt ou 16px ou 1em, tudo vai depender de como você estrutura seu estilo no CSS.

2) Cor e Contraste
O contraste é fundamental para visualizar um elemento na página ou esconder diante dos nossos olhos. Se você definiu as cores do design veja se o contraste está legível, conheça o Contrast Ratio, ele é excelente para testar as cores do design e suas combinações.

As cores tem um papel fundamental no seu negócio, veja como aplicar a psicologia das cores no e-commerce.

3) Fácil de Clicar
O tamanho do ícone, botão ou o elemento gráfico deve ter no mínimo 1,0 cm de área clicável. Conheça mais sobre o design de ícones para telas sensíveis ao toque.

4) Texto e ícones sobre Imagens
Muito cuidado em sobrepor textos e elementos gráficos sobre imagens (slideshow), se não existir um contraste entre o texto e imagem, o texto ficará perdido. O mesmo ocorre com outros elementos gráficos.

Lembre-se: Simples e objetivo.

Agora um Super Bônus!!!

Faça testes de usabilidade com as pessoas que normalmente você não faria, seus pais, tios, avós e com todos os idosos que você conhecer.

Os feedbacks serão de extrema importância para o seu sucesso, eles são seus usuários reais e testes reais.

Por exemplo, dê tarefas e observe o comportamento.

Exemplos de tarefas:

Tarefa 1: Encontrar um produto X
Tarefa 2: Encontrar uma categoria Y
Tarefa 3: Calcular o valor do CEP

Para o teste funcionar, não forneça dicas e não demonstre emoções, solicite a narração de todo o processo. Sua tarefa é apenas observar e anotar tudo. 

O teste do usuário é uma maneira infalível de garantir que seu público-alvo tenha o que deseja e o que precisa.

Boas vendas!

Este artigo foi escrito por Adriano Yamuto, da equipe de desenvolvimento do Fastcommerce

Loja Virtual para Todas as Idades

 
Fastcommerce | Crie sua loja virtual © 2016 - Templateism.com